Make your own free website on Tripod.com
Shalom!
Home
HINO DE ISRAEL
ESTRELA DE DAVI
KIPA
SHOFAR
MENORA
MEZUZA
MURO DAS LAMENTAÇOES
TABERNÁCULO
TALIT
TEFILIN
ORAÇÃO DOS MARRANOS
KIPA

 Kipá
 

Breve História da Kipá

   Os judeus cobrem a cabeça durante a oração, muitos homens ortodoxos vestem uma pequena kipá(em idish, "iarmulka", ou "kapele", em hebraico "kipá") o tempo inteiro para se lembrar da presença de D'us. Talvez esse hábito tenha nascido por causa do ritual do Templo, onde o sacerdote usava uma cobertura de cabeça. O Talmud recomenda que se cubra a cabeça dos meninos pequenos, para educa-los nos bons ensinamentos e serem fiéis ao crescerem. Há relatos, de que, durante a idade média, cobrir a cabeça, mesmo na sinagoga, não era uma prática universal. Os chapéus especiais, que os judeus eram obrigados a usar, nos países cristãos e muçulmanos, presumivelmente, solidificaram este costume. Hoje em dia, a cobertura da cabeça, serve para diferenciar os judeus dos gentios, particularmente dos cristãos, que descobrem a cabeça na igreja. Assim, membros do movimento Chassídico usam geralmente um solidéu de veludo sobre um chapéu preto ou um shtreiml, enquanto muitos israelenses usam um solidéu tricotado. As mulheres ortodoxas, após o casamento, passam a cobrir suas cabeças como sinal de recato, já que a exposição do cabelo é considerada uma forma de exposição indevida.

Baseado no Dicionário Judaico de lendas e tradições de Alan Unterman. JorgeZahar Editor.

   Para muitos de nós, usar a kipá é um modo de cumprir parte do mandamento de Deuteronômio 22:12 Porás franjas nos quatro cantos da tua manta, com que te "cobrires". Com isso também indicando submissão à D'us e um modo de mostrar que há alguém maior acima de nós.

por e-mail.

Ricardo Crasto